Marco de Canaveses: Conselho Municipal de Turismo ajudará na definição de estratégias para o setor [C/AUDIO]

Marco de Canaveses é dos poucos municípios da região norte e o segundo da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa com um Conselho Municipal de Turismo (CMT) formalmente constituído. 

Este órgão, recentemente empossado, congrega um conjunto de parceiros públicos e privados com vista à definição de estratégias para o desenvolvimento do setor.

“É um órgão que reúne desde empresas a associações, que nos vão ajudar na formulação de políticas e medidas para melhorar e promover o concelho de Marco de Canaveses e criar condições favoráveis ao investimento e atração de turistas”, diz a Presidente da Câmara, Cristina Vieira.

Para a autarca, “o mais normal é que o Município ouça os parceiros como tem feito até aqui”.

“O objetivo é que nos reunamos para discutir aquilo que é mais importante em termos de promoção da oferta turística do concelho, desde a programação cultural, à valorização do património. A promoção da oferta gastronómica, dos produtos locais, a animação, o lazer e o desporto, são tudo fatores onde a Câmara quer reforçar a aposta para obter melhores resultados”.


Além do Município, o Conselho Municipal do Turismo é constituído por representantes eleitos ou designados do Turismo Porto e Norte de Portugal; da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa; da Dolmen; da Associação de Município do Baixo Tâmega; da Rota do Românico; da Associação Empresarial do Marco de Canaveses; da Estação Arqueológica do Freixo; da Igreja de Santa Maria; dos estabelecimentos de ensino com os cursos da área de turismo; da Assembleia Municipal; dos empreendimentos turísticos e alojamentos locais; das empresas de animação turística; da restauração do concelho; da Rota dos Vinhos do Marco; da Confraria do Anho Assado com Arroz de Forno e dos Presidentes das Juntas de Freguesia do concelho.