Marco de Canaveses: Auditório e sala multifunções da EB 2,3 Marco concluídos em Maio [C/AUDIO]

Auditorio_2021.03.16

A Escola EB 2,3 do Marco vai ter um auditório com capacidade para 160 lugares e uma sala multifunções. O equipamento vai servir a comunidade escolar e a população em geral. O investimento é de cerca de 593 mil euros.

A empreitada, baseada em proposta da Câmara Municipal e do Agrupamento de Escolas do Marco, deverá ficar concluída em meados do mês de maio.

Na passada sexta-feira, dia 12 de março, realizou-se uma visita ao local, tendo integrado a comitiva, a presidente da autarquia, Cristina Vieira, e restantes elementos do executivo municipal, a diretora do agrupamento de escolas do Marco, Carla Fernandes, e técnicos ligados à execução do projeto.

“Ter um espaço que é nosso, onde possamos realizar as atividades culturais, as assembleias de alunos, ou palestras com convidados e sem barreiras, é uma mais valia para todos. É um verdadeiro luxo”, disse a diretora da EB 2,3 do Marco.

A escola tem atualmente cerca de 700 alunos e uma sala de convívio escura e reduzida.

O novo espaço multifunções, que foi criado neste projeto, “é uma forma de os alunos se sentirem bem na escola e até melhorarem os resultados escolares”, sustenta.

Auditorio2_2021.03.16

As obras contemplam um novo edifício com duas valências – Auditório e Sala Polivalente – autónomas e independentes, que coexistem na mesma edificação de dois pisos com um percurso que faz a ligação entre o acesso pedonal à escola e o recinto escolar, pela excelente iluminação natural e a interligação e integração no próprio espaço da EB2,3 do Marco de Canaveses.

A empreitada tem o valor de cerca de 593 mil euros e é financiada pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional em 403.729 euros. A Câmara Municipal de Marco de Canaveses assume o valor de 151. 563 euros e o Ministério da Educação cobre os restantes 37.500 euros.

Para a autarca marcoense, Cristina Vieira, “este é um projeto que foi criado para dar resposta aquilo que era uma necessidade desta escola”.

O espaço que contempla um novo edifício com duas valências autónomas e independentes, que coexistem na mesma edificação de dois pisos com um percurso que faz a ligação entre o acesso pedonal à escola e o recinto escolar.

“Aquilo que aqui está é uma obra de arquitetura muito bonita, um edifício muito moderno e muito funcional”, vincou.

 


Carla Fernandes | Diretora da EB 2,3 do Marco


Cristina Vieira | Presidente da Câmara do Marco de Canaveses