Lousada: Detido por violência doméstica e maus-tratos a animais de companhia

Detencao_Felgueiras_2020.07.09

A GNR deteve em Lousada, no distrito do Porto, um homem de 32 anos suspeito de violência doméstica e maus-tratos a animais de companhia, anunciou esta quarta-feira aquela força de segurança.

“No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, durante o relacionamento, ameaçou de morte e exerceu agressões físicas contra a vítima, sua namorada de 36 anos”, lê-se num comunicado policial.

Num dos últimos episódios de violência durante a passagem de ano, acrescenta a autoridade, “o suspeito, como forma de humilhação, deitou sobre o corpo da vítima uma garrafa de bebida alcoólica, fazendo com que esta fugisse à procura de ajuda, levando-a a abandonar a residência”.

Segundo a GNR, “inconformado com o fim do relacionamento em dezembro de 2020, o suspeito condicionava os movimentos da vítima, bem como reiterava as ameaças de morte e injúrias através de mensagens”.

Como forma de intimidação, matou ainda dois animais domésticos com recurso a pontapés, enviando-lhe as imagens dos animais mortos e fazendo-lhe promessas de que a ia matar da mesma forma, acrescenta a autoridade.

O suspeito foi detido, tendo sido presente, na terça-feira, a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel.

Como medidas de coação, o suspeito ficou proibido de sair do concelho de residência, obrigado a apresentações semanais no posto policial da sua área de residência e impedido de contactar a vítima por qualquer forma ou meio, controlado por pulseira eletrónica.