FUTEBOL: Tarantini apresentado como novo treinador do União SC Paredes: “Estou com muita fome de trabalhar” [C/AUDIO]

Tarantini_2024.06.14

Tarantini Vaz foi apresentado, na quinta-feira, 13 de junho, como novo treinador do União SC Paredes, numa cerimónia que decorreu no Pavilhão Multiusos de Paredes.

 

O antigo capitão do Rio Ave FC faz a estreia como técnico principal depois de nas últimas duas épocas ter desempenhado funções de adjunto de Ivo Vieira e Rui Pedro Silva no Famalicão.

Tarantini Vaz é o sucessor de Domingos Barros, que abandonou o cargo no final da época, após ter assegurada a manutenção no Campeonato de Portugal na última jornada.

ApresentacaoaParedes_2024.06.14

O treinador, de 40 anos, confessa que sentiu que este “era o momento” para dar este passo na carreira e admite “estar com muita fome de trabalhar”.

“Acho que este convite veio na hora certa e senti que as pessoas queriam que estivesse aqui. Isso foi o que mais contou nesta fácil decisão e só tenho que retribuir com seriedade e com trabalho, para tornar a equipa competitiva, que seja capaz de vencer todos os jogos. Agora está nas nossas mão criar uma equipa com essa fome de vencer”, afirmou, em declarações ao Novum Canal.


Tarantini Vaz recusou a ideia de que o União SC Paredes é um candidato à subida à Liga 3, já esta época.

“Foi-me pedido para estruturar e profissionalizar o futebol. Criar melhores condições para os jogadores e trazer pessoas competentes nas suas áreas. Depois de construir isso, e de solidificar todos esses departamentos, vamos ver o que pode acontecer. Claramente, não está nos nossos planos o objetivo de querer ir já para uma nova divisão. Não está mesmo”, garantiu.


PedroSilva_2024.06.14

Tarantini, que é natural do concelho de Baião, é uma aposta do presidente do União SC Paredes.

“A escolha do Tarantini revela a ambição que sempre tivemos, agora renovada com uma energia diferente. O Tarantini é a pessoa certa, foi a pessoa que entendemos que reunia as condições para nos levar a outros patamares, nomeadamente, ao profissionalismo”, afirmou Pedro Silva, que terá Rui Caetano a seu lado na gestão e liderança do emblema paredense.


“Eu estarei com o presidente nos próximos dois anos, até fim do mandato dele, seja no clube ou, se os sócios quiserem, tornar este clube numa SAD ou numa SDUQ. Eu vim por paixão e para ajudar o clube a profissionalizar-se, que é o nosso principal objetivo este ano. Acredito que em dois anos podemos voltar a estar numa Liga 3. Se lá chegarmos, estaremos muito melhor estruturados e preparados”, adiantou o antigo jogador, que regressa ao futebol pelas portas do do clube onde iniciou a sua formação.


RuiCaetano_2024.06.14

Na nova temporada, o União SC Paredes vai disputar o Campeonato de Portugal, depois de ter sido sexto classificado na última edição da prova.