FUTEBOL: São Lourenço Douro bate Alfenense em duelo de candidatos [C/AUDIO]

Alfenense_SaoLourenco_2021.01.04

O São Lourenço do Douro conquistou, na segunda-feira à noite, a quinta vitória consecutiva da temporada. A formação de Marco de Canaveses derrotou o Alfenense, por 1-2, no jogo referente à 12ª jornada da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto (AFP), disputado no Parque Desportivo de Alfena.

No duelo entre dois clubes que são apontados como candidatos à subida de divisão, o conjunto verde e branco chegou ao intervalo a vencer por 0-1, com um golo de Edi, aos 15′.

No entanto, o resultado no final da primeira parte poderia ter sido bem diferente. As duas equipas dispuseram de várias ocasiões de golo, mas foram ineficazes na finalização. O Alfenense desperdiçou mesmo uma grande penalidade, defendida pelo guarda-redes Saná.

No inicio do segundo tempo, os locais restabeleceram a igualdade, por intermédio de Cenoura. Mas a meio da etapa complementar, Lote voltou a adiantar o São Lourenço do Douro no marcador e fixou o resultado final.

Rui Cunha, treinador do Alfenense, considerou que “o empate teria sido o resultado mais justo, num grande jogo de futebol, muito intenso, disputado a grande velocidade, muito bem jogado, com duas equipas diferentes, mas que procuraram sempre a vitória”.


O emblema de Alfena sofreu a primeira derrota da época, algo que “não vai abalar a equipa”, garante Rui Cunha.

“Não vai abalar porque eu não vou deixar. Vamos fazer esse trabalho mental com os jogadores e preparar o próximo jogo de forma muito forte. Perdemos pela primeira vez ao fim de dez jogos, algum dia tinha de acontecer. Não queríamos que fosse hoje. Queríamos adiar o mais possível este resultado e sentimos que, talvez, o mais justo fosse o empate”, disse.

Por outro lado, João Silvestre, técnico adjunto do São Lourenço do Douro, afirmou que foi “uma vitória justa” do emblema de Marco de Canaveses.

“Foi um jogo muito bem disputado entre duas das boas equipas deste campeonato. O Alfenense é uma equipa muito competente, que nos criou bastantes problemas. Viemos cá para levar os três pontos e tentar ser dominadores, como sempre fazemos. No cômputo geral, conseguimos criar mais oportunidades e acabamos por ser uns justos vencedores”, frisou.

O São Lourenço está a atravessar um momento excecional de forma, tendo vencido os últimos cinco desafios, mas João Silvestre adverte que a equipa “não pode embandeirar em arco”.


“Sabemos que vamos encontrar, a cada fim-de-semana, muitas dificuldades e adversários que nos causam bastantes problemas. Temos de ser cada vez mais competentes para conseguir levar os três pontos para São Lourenço do Douro. Hoje foram três pontos importantíssimos, mas temos de manter esta competência, união e concentração que nos tem levado a andar nos lugares cimeiros”.

SaoLourencoDouro_2021.01.05

Com a vitória em Alfena, o São Lourenço do Douro colocou-se em zona de promoção, no segundo posto, mas com os mesmos 24 pontos do líder Nun’Álvares, que foi ganhar a Caíde de Rei, por 1-0.

O Alfenense baixou ao quinto lugar, com 21 pontos, mas tem um jogo a menos do que os principais concorrentes na luta pela subida.

A terceira posição é partilhada por Águias de Eiriz e Valonguense, com 22 pontos. O emblema de Paços de Ferreira bateu, em casa, o Estrelas de Fânzeres, por 2-0. O conjunto de Valongo ganhou no reduto do Lousada B, por 2-1.

O Rio de Moinhos alcançou o quarto triunfo consecutivo (2-1) na deslocação ao reduto do Atl. Rio Tinto. A formação do concelho de Penafiel é sexta classificada, com 20 pontos.

O Citânia de Sanfins amealhou a primeira vitória fora de portas. Em Roriz bateu a equipa local com dois golos sem resposta. É agora 8º posicionado, com 16 pontos.

Em zona de descida estão Salvadorense e Ferreira. A equipa do concelho de Amarante foi goleada (10-0) em Bougado, ante o Bougadense. Os pacenses empataram (2-2) na receção ao Lagares.