FUTEBOL: Presidente do FC Felgueiras diz que decisão da FPF “é acertada, mas tardia” [C/AUDIO]

LeonelCosta_2020.04.08

O presidente do FC Felgueiras, Leonel Costa, considera que a decisão da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) em concluir todas as provas não-profissionais “é acertada, mas peca por tardia”.

A FPF, anunciou esta quarta-feira, em comunicado, que entendeu dar por concluídas, sem vencedores, todas as suas competições seniores, não sendo atribuídos títulos nem aplicado o regime de subidas e descidas.

Uma decisão “que peca um bocadinho por tardia”, na opinião do líder do emblema azul grená. Leonel Costa lembra que “os clubes do Campeonato de Portugal já estão nesta indefinição à cerca de um mês”.

O dirigente reconhece que não haveria outra solução “que não fosse dar por concluído o campeonato e dar por encerrada a competição”.

“A sua não conclusão iria levantar outras questões como quando seria realizado e o prolongamento da época acarretaria custos ainda maiores para os clubes, porque vamos entrar numa fase em que angariar receitas e patrocínios será mais difícil”, sustenta.


“Prorrogar a época seria muito complicado, além de que não temos ainda uma previsão quando é que isto, em termos de saúde pública, vai normalizar. Por isso é que eu digo que a conclusão antecipada da competição parece-me a decisão mais acertada, que só peca por tardia. Isto não é uma crítica que estou a fazer, é uma constatação, porque acredito que, para quem decide, foi uma decisão muito difícil de tomar”.

Apesar da conclusão do campeonato, o FC Felgueiras terá de continuar a suportar as despesas com os jogadores profissionais do plantel cujos contratos “expiram apenas no próximo mês de maio”.

O presidente do emblema felgueirense não disfarça a preocupação com a situação financeira, tendo em conta que “os recebimentos estão todos suspensos”.


“Vamos ter de pensar muito bem como é que vamos fazer. A maior parte dos contratos dos nossos atletas são de amadores, mas também temos alguns contratos profissionais. Além disso, temos uma estrutura administrativa e de trabalhadores efetivos e a tempo inteiro com quem temos obrigações a cumprir”, admite.

“As circunstância financeiras vão ser muito complicadas. Não temos receitas e vamos ter muitas dificuldades em receber os contratos de publicidade. Eram essas verbas que estavam contempladas no nosso orçamento para fazer face a estas despesas”.

Ainda assim, Leonel Costa assume “um amargo de boca” porque “o campeonato termina na altura em que o Felgueiras estava na sua melhor fase da época”.


“Depois de uma primeira volta intermitente estávamos agora muito melhor. Fomos a equipa do Campeonato Portugal que, nos últimos 6 jogos, mais pontos conquistou”, lembra.

Antes da interrupção devido à pandemia da Covid-19, o FC Felgueiras ocupa o 7º lugar da pauta classificativa da Série B do Campeonato de Portugal, com 41 pontos.