FUTEBOL: Marcoense João Mendes garante que ainda não decidiu o futuro: “Estou a analisar o que é melhor” [C/AUDIO]

JoaoMendes01_2024.06.05

Depois de três temporadas de dragão ao peito, o marcoense João Mendes está de saída do FC Porto. O lateral-esquerdo tem, por este dias, mantido a forma física no Estádio Municipal do Marco de Canaveses, ao lado do conterrâneo Gonçalo Cardoso. Numa entrevista à Marcoense Fm, garante que ainda não decidiu o futuro.

 

João Mendes, que está em final de contrato com o FC Porto, já foi associado ao Lech Poznan, da Polónia, e ao Vitória de Guimarães, clube que já representou entre 2018 e 2021, antes de se transferir para o Dragão, mas garante que ainda não tem o futuro definido.

“Esse é um assunto que está a ser tratado pelos meus agentes. Neste momento, ainda não consigo dizer nada, o meu empresário está a analisar tudo e depois iremos tomar a melhor decisão, para mim, para a minha família e para todos. Tenho algumas coisas em cima da mesa, mas vamos pensar bem”, revelou.


JoaoMendes3_2024.06.05

Na primeira época ao serviço do FC Porto, em 2021/2022, João Mendes estreou-se pela formação principal, na receção ao Rio Ave, para a Taça da Liga, e fez 24 jogos e duas assistências pela equipa B.

Em 2022/23 não jogou pelo conjunto de Sérgio Conceição, tendo somado três golos e três assistências em 24 partidas pela formação secundária azul e branca.

Esta temporada, o marcoense teve mais oportunidades na equipa principal do FC Porto, tendo sido utilizado em nove jogos. Por isso, considera que, a nível pessoal, “foi uma época muito bem conseguida”.

“Comecei a trabalhar com a equipa A a partir de setembro e fiquei lá até final da época. Por isso, posso dizer que foi uma época muito bem conseguida, da minha parte. Aproveitei as oportunidades que me surgirem, embora devido a lesões de colegas de posição, e consegui manter-me no plantel da equipa A, o que foi importante para o meu desenvolvimento. Foi uma época de muita aprendizagem”, confessou João Mendes.


JoaoMendesTaca_2024.06.05

No entanto, o lateral, de 24 anos, lamenta que o FC Porto, esta época, tenha conseguido conquistar apenas a Taça de Portugal.

“Dos quatro troféus internos possíveis, conseguimos conquistar apenas a Taça, o que não era o que desejávamos, mas é mais um troféu para juntar ao Museu do FC Porto”, afirmou, recusando a ideia de que o rendimento da equipa tenha sido afetado com o agitado processo eleitoral que clube azul e branco atravessou.


“A equipa tentou sempre afastar-se dessas situações. O balneário estava coeso e fechado em relação a isso. Estávamos focados em conquistar os três pontos em todos os jogos e isso passou um pouco ao lado do balneário. É claro que mexe, mas penso que não foi fator determinante”, garantiu.

JoaoMendes+SergioConceicao_2024.06.05

Conturbada também está a ser a saída de Sérgio Conceição, após sete épocas consecutivas ao leme doa azuis e brancos. Um treinador que João Mendes elogia: “É um técnico muito exigente, faz parte do seu ADN. Devo-lhe muito por ter apostado em mim e ter confiado nas minhas capacidades. Foram tempos de muita aprendizagem”.


Sobre Francisco Conceição, um dos eleitos do selecionador nacional, Roberto Martínez, para o Euro-2024, João Mendes não tem dúvidas que o extremo portista, “pelas suas características e determinação”, vai ter “um papel fundamental” no seio da equipa das quinas durante a competição.

“Quando está nos seus dias, que são muitos, é muito difícil pará-lo. É um jogador muito completo, tem um drible curtinho e rápido, mudanças de direção muito rápidas e é um jogador incrível. Acredito que vai ter um papel fundamental pelas suas caraterísticas e determinação. Vai ter aquilo que espera deste Europeu”.


João Mendes tem, nos últimos dias, mantido a forma no Estádio Municipal do Marco de Canaveses, em sessões ministradas pelo preparador físico Rui Cardoso e ao lado do conterrâneo Gonçalo Cardoso, defesa-central que representa os búlgaros do Lokomotiv de Sofia.