FUTEBOL: Joel Mendes defende que subida do Nespereira à 1ª Divisão AFP “é justa” [C/AUDIO]

NespereiraPlantel_2020.04.22

O fim prematuro das competições seniores da Associação de Futebol do Porto (AFP) permitiu ao Nespereira festejar uma inédita subida à 1ª divisão. Na altura da interrupção, o conjunto do concelho de Lousada liderava a série 2 da 2ª Divisão.

O treinador do Nespereira assegura que a promoção “nunca foi o objetivo da temporada”, embora reconheça que o clube “tinha condições para tal”. Ainda assim, Joel Mendes confidencia que “a subida não foi alcançada da forma pretendida”.

“Quando soubemos da subida ficamos muito contentes, mas também com um sentimento de alguma tristeza, porque não pudemos estar juntos e festejar. Faltou-nos aquele último jogo e aquele último golo. Ficamos contentes porque nos valoriza e chegamos a um objetivo que não definimos, mas ao qual, felizmente, chegamos”, confessa.


O Nespereira fechou o campeonato no primeiro posto da tabela, com 57 pontos, cinco de vantagem sobre o 2º classificado e vizinho Águias de Figueiras.

Joel Mendes admite que a equipa “tinha jogos difíceis para disputar” nas nove jornadas que faltavam, mas considera que a diferença que já dispunha para a concorrência permitia “acreditar que a subida era possível”.


JoelMendesTreinador_2020.04.22

O treinador, de 33 anos, recusa a ideia de que o clube lousadense foi beneficiado pela decisão da AF Porto em dar como concluídas as provas seniores.

“Não foi uma decisão que nos beneficiou muito porque nós íamos conseguir, de certeza. A subida é justa. Éramos líderes desde a 10ª jornada e uma equipa muito regular. Noutras divisões foram mais beneficiadas algumas equipas que já estavam muito longe da linha d’água e acabaram por não descer. Foi feita justiça”, defende.


Joel Mendes ainda não decidiu o futuro, mas admite que “provavelmente” vai manter-se ao leme do Nespereira na próxima temporada, o que assinalará a estreia do clube na 1ª Divisão AFP.

“A nossa equipa técnica, provavelmente, vai manter-se em Nespereira, que é onde nos sentimos bem, e acreditamos que podemos fazer algo de interessante”, diz.


Caso venha a renovar contrato, Joel Mendes dá conta de que o plantel necessitará de “ser mais equilibrado” para disputar uma divisão mais competitiva. Mas sublinha que o fundamental “era não perder ninguém” do atual grupo de trabalho.

“Nós temos alguns jogadores que podem jogar em divisões superiores à primeira. Sabemos que vamos perder um ou dois jogadores e temos de precaver essas saídas. O plantel apesar de ter qualidade era curto, por isso temos de contratar para posições mais frágeis para equilibrar a equipa. Além disso, na 1ª divisão, já precisaremos de ter no plantel jogadores com idade sub-21”, explica.

Joel Mendes cumpriu a segunda temporada ao serviço do Nespereira. Anteriormente, orientou Aveleda, Amigos de São Miguel e Lousada (formação).