FUTEBOL: Clubes divididos quanto ao regresso da Divisão Elite AF Porto

AFPORTO_2021.03.22

Foi inconclusiva a reunião entre os 36 clubes da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP), realizada na noite de terça-feira, para decidir a retoma da competição, paralisada desde o passado dia 10 de janeiro.

No encontro, que decorreu por videoconferência, os clube mostraram-se divididos. Houve quem defendesse o recomeço da prova e a conclusão, pelo menos, da primeira volta, de forma a ser possível homologar a classificação, e consequentemente definir subidas e descidas, tal como está previsto em regulamento.

No entanto, outros sustentaram que a interrupção imediata do campeonato é a melhor solução nesta altura, evitando o aumento de custos para os cofres dos clubes já depauperados devido à quebra de receitas, em resultado da pandemia da Covid-19.

Outros ainda apontaram como hipótese a criação de um modelo competitivo que possa ser disputado durante os meses de maio e junho.

Recorde-se que, de acordo com o plano de desconfinamento divulgado pelo Governo, as modalidades desportivas de médio risco, nas quais está incluído o futebol, só estão autorizadas a partir de 19 de Abril.

Nessa altura, terão passado mais de três meses desde o inicio da paragem, o que obrigará à realização de uma espécie de pré-época. Neste contexto, em caso de retoma das competições, será necessário um período de duas a três semanas de treinos.

A falta de consenso entre clubes provocou o adiamento da decisão para os próximos dias. A AF Porto irá estudar o melhor modelo, estando em aberto vários cenários, mas o mais provável passará mesmo por concluir a primeira metade da temporada.

A AF Porto também já revelou que, “em data a anunciar”, serão convocadas as reuniões com os clubes da Divisão de Honra, 1ª e 2ª divisões.