FUTEBOL: Amarante FC tira bilhete para jogo do título: “É um prémio justo acabar num palco tão grande como o do Jamor” [C/AUDIO]

Amarante_2024.06.01

Depois de ter carimbado há uma semana a promoção à Liga 3, o Amarante FC assegurou, este sábado, 1 de junho, a qualificação para a final do Campeonato de Portugal, após vencer, por 2-1, na receção ao São João de Ver, no encontro da 6.ª e última jornada da Série 1 da Fase de Subida.

 

O conjunto alvinegro necessitava apenas de um empate, mas não facilitou e acabou mesmo por derrotar um adversário que corria pelo mesmo objetivo.

Faissal Zangré foi o herói da partida ao apontar os dois golos do Amarante FC. Abriu o ativo nos descontos da primeira parte (45’+2) e selou o triunfo, aos 56 minutos, pouco depois do São João de Ver ter obtido a igualdade, através de Daniel Santos (48′).

O médio do Burquina Faso não disfarçou a alegria pelo importante papel que desempenhou no jogo, mas repartiu o sucesso com a equipa e com os milhares de adeptos que encheram o Municipal amarantino.

“Estou muito feliz por marcar os dois golos, mas quero agradecer aos adeptos, que estão sempre connosco, à equipa técnica e aos meu companheiros de equipa pelo trabalho que fizeram até aqui. Foi uma luta, mas conseguimos. Agora vamos ao Jamor para tentar levantar a Taça”, afirmou.


Amarante3_2024.06.01

Para o treinador do Amarante FC, Renato Coimbra, a presença no jogo de atribuição do título de campeão é a recompensa “por tudo aquilo que a equipa fez ao longo da época”.

“Em todos os jogos, a equipa entregou-se de uma forma fora do normal. Foi de uma grande entrega, de grande entreajuda e de grande vontade. Estamos muito felizes. Independentemente que acontecer na final, acho que é um prémio justo para os jogadores do Amarante acabar num palco tão grande como o do Jamor. Julgo que será mesmo o momento mais alto nos 100 anos de história do Amarante”, vincou.


“A vida, às vezes, tem uma forma estranha de nos levar ao sucesso”, acrescentou, numa alusão à derrota caseira com o Vianense, há um ano, que impediu o Amarante FC de subir à Liga 3 em 2023/2024.

“Há um ano, estávamos aqui tristes e dececionados. Mas temos de ter calma, porque quem trabalha com seriedade, com honestidade consegue. No ano passado foi por um pormenor, este ano as coisas foram diferentes e estou muito feliz pela direção, pelo clube, pela cidade, pelas pessoas e pelos jogadores. Sinto-me emocionado e feliz”, confessou.


Bancadas_2024.06.01

O Amarante FC vai agora discutir o título de campeão do Campeonato de Portugal, numa final agendada para 10 de junho, no Estádio do Jamor, frente ao Vitória de Setúbal, vencedor da Série 2 da Fase de Subida.

“É um clube com muita história, que tem três taças de Portugal. Estão habituados ao Jamor. Têm também um apoio muito grande, mas, sinceramente, com todo o respeito por todas as outras equipas, fiquei feliz por ser com o Vitória de Setúbal, porque tenho a certeza vai dar um impacto diferente à final e atrair ainda mais gente”, confidenciou Renato Coimbra, que aproveitou para enviar “uma palavra de grande amizade e gratidão” à restante equipa técnica, que terá a incumbência de preparar a final.


O treinador, de 47 anos, vai iniciar, na próxima segunda-feira, o curso UEFA A (Grau III), que vai decorrer em Quiaios, e não poderá marcar presença nos treinos que antecedem o duelo com os sadinos.

A final do Campeonato de Portugal está agendada para 10 de junho, no Estádio Nacional.