Baião: Nova área de acolhimento empresarial vai nascer em Campelo

ZonaIndustrialBaiao_2021.03.19

Uma nova área de acolhimento empresarial vai surgir na Freguesia de Campelo e Ovil, com cerca de 23 mil metros quadrados e oito lotes. A obra tem um valor base de 589 mil euros.

Para além deste investimento, a Câmara Municipal de Baião despendeu 160 mil euros na compra do terreno, o que eleva o investimento previsto para a ordem dos 749 mil euros mais IVA.

A autarquia conseguiu captar fundos europeus para este investimento, através do Programa Operacional NORTE 2020, com um valor de 389 mil euros.

“Esta nova área de acolhimento de empresas vai situar-se num local com bons acessos e vem corresponder à procura que existe por parte de empresas que querem instalar-se em Baião ou fazer novos investimentos e ampliar as atividades que já têm no concelho”, explica o vereador dos Assuntos Económicos da Câmara Municipal de Baião, José Lima.

Este responsável refere que a autarquia tem vindo a criar as condições para que “o setor privado possa criar postos de trabalho e riqueza no nosso território”.

A nova área de acolhimento empresarial vai situar-se próxima da zona industrial já existente, mais concretamente entre a rua António Ferreira Cabral Pais do Amaral e a Variante à Estrada Nacional 321.

Ao mesmo tempo, a Câmara Municipal de Baião anunciou que está a trabalhar para a criação de uma estrutura idêntica em Santa Marinha do Zêzere, para uma dinamização empresarial, económica e social de toda a zona sudeste do concelho, e onde  já foram  investidos 82.500 euros na compra de terrenos, com cerca de 11 mil metros quadrados.