Retoma de celebrações comunitárias da Igreja Católica obedece a orientações de segurança [C/AUDIO]

IgrejaSoalhaes_2020.05.27

As celebrações comunitárias na Igreja Católica são retomadas no próximo sábado, dia 30 de maio, após confinamento devido ao contágio do novo coronavírus. 

A celebração no interior dos templos irá obedecer a orientações de segurança determinadas pela Direção-Geral de Saúde, para evitar a propagação do vírus.

O distanciamento obriga “à redução  para menos de metade do espaço no interior da igreja. A alternativa passa pela celebração campal, ou pela colocação de cadeiras no adro, como é o meu caso”, explica o pároco de Soalhães e vigário do Marco de Canaveses, Hermínio Pinto.

“O uso de máscara e higienização das mãos é obrigatório à entrada e saída da igreja”, acrescenta.

Hermínio Pinto considera que as pessoas “estão sensibilizadas” para estas alterações , contudo, refere que “foram constituídas equipas de acolhimento para receberem as pessoas e acompanha-las aos respetivos lugares”.

As procissões, festas e concentrações religiosas foram adiadas para o próximo ano pastoral.

O ano de catequese “fica por aqui. Vamos aguardar por setembro ou outubro para percebermos o que se vai passar”.

Os restantes sacramentos (casamentos e batizados) não se devem realizar até setembro. No caso dos batizados pode abrir-se a excepção, “no caso de haver uma urgência, mas tem de ser com a autorização da família e o com a devida proteção”, conclui.

 


Hermínio Pinto | Vigário do Marco de Canaveses