Neve condiciona circulação em estradas da região [C/AUDIO]

Neve_Baião_2020.12.04

A queda de neve que se fez sentir esta sexta-feira levou ao corte da EN 101 entre o nó do Cavalinho (Amarante)  e Mesão Frio. A alternativa é a EN 108, segundo a Proteção Civil Municipal de Baião.

A Infraestrutura de Portugal (IP) está a proceder a trabalhos de desobstrução e limpeza da via.

No concelho de Baião, a circulação na estrada 304-3 entre o nó do Fojo e Gestaçô faz-se de forma condicionada.

“Houve a queda acentuada de neve que  levou ao corte da EN 101  e ao condicionamento da 304-3. Acreditamos que muito brevemente a situação será reposta.  A  Proteção Civil Municipal está no terreno, assim como a GNR e os Bombeiros Voluntários de Baião e de Santa Marinha do Zêzere”, diz o comandante da Proteção Civil Municipal de Baião.

José Manuel Ribeiro admite que a descida da temperatura leve à formação de gelo durante a noite e “recomenda aos automobilistas o maior cuidado na circulação, durante a manhã de sábado”.


Neve_BombeirosResende_2020.12.04

Em Resende, a queda de neve levou ao corte das estradas municipais (EM) 553 entre Felgueiras e Bigorne e a 553-1 de de ligação de S.Cristovão a Panchorra.

O comandante dos Bombeiros de Resende confirmou à Marcoense FM, o corte destas vias de ligação à zona mais alta do concelho, assim como os trabalhos de limpeza para desimpedir estas vias.
“Já conseguimos limpar as vias duas ou três vezes, mas a queda intensa de neve tem causado grande dificuldade. Esperamos que ao início da tarde as condições melhorem. Vamos fazer o espalhamento de sal para que o piso não gele entretanto”, explicou.


No concelho de Cinfães, a EN 321 de ligação a Castro Daire também esteve cortada na serra de Montemuro.

A ação do limpa neves permitiu a reabertura condicionada da via, contou Carlos Andrade dos Bombeiros de Cinfães.

“Recebemos a informação de que a EN 321 esteve cortada até às 10:00. A partir dessa hora deu-se a reabertura de forma condicionada. O nosso limpa neves também está nas municipais”, salientou.


A tempestade “Dora” fica marcada pela queda de neve, chuva, vento e descida acentuada da temperatura.