Marco de Canaveses: Obras do Centro Cultural em fase de acabamento [C/AUDIO]

CentroCultural3_2019.08.07

Outubro ou Novembro. É a data apontada por Mário Bruno Magalhães para a conclusão das obras do Centro Cultural de Marco de Canaveses.

O vice-presidente da autarquia, que detém o pelouro do Urbanismo e Obras Públicas, visitou recentemente aquele espaço, situado na Alameda Dr. Miranda da Rocha, para se inteirar sobre o andamento dos trabalhos.

“Para além de ver a obra, esta visita serviu para também manifestar junto do empreiteiro e do coordenador da obra a necessidade de evitar atrasos”, explica.


Mário Bruno Magalhães gostaria de ver as obras concluídas “por volta de outubro ou novembro”, mas admite “alguma derrapagem” no prazo previsto para o acabamento da empreitada. Ainda assim, está convencido que tudo estará pronto “antes do final do ano”.

Na visita realizada, acompanhado pelos técnicos do Município, Mário Bruno Magalhães constatou “que algumas áreas já estão numa fase adiantada de acabamento”.

“Uma parte dos tetos falsos já estão concluídos. Uma parte da pintura também já tem a primeira de mão. A parte elétrica e de telecomunicações também já está numa fase final”, resume.


CentroCultural2_2019.08.07

O Centro Cultural de Marco de Canaveses está instalado no edificio do antigo cineteatro Alameda. A intervenção visa reestruturar o interior do imóvel, preservando a fachada.

O novo espaço vai albergar a biblioteca municipal, uma área de exposições com 100 metros quadrados e um auditório com 215 lugares sentados e cinco para pessoas com mobilidade condicionada.

“Ainda não é o auditório que desejamos. Gostaríamos de ter um auditório com mais capacidade, mas não foi possível. Estávamos limitados ao espaço físico existente, porque se trata do aproveitamento de um equipamento existente. Mas fizemos o nosso melhor”, assegura.


O custo da obra é de cerca 1 milhão e 350 mil euros, sendo cofinanciada pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento regional (FEDER).