Marco de Canaveses: Município vai requalificar envolvente à Estação de Caminho de Ferro do Marco [C/AUDIO]

CMMCN_2020.10.13

A Câmara Municipal de Marco de Canaveses vai avançar com a empreitada de reabilitação da envolvente à Estação Ferroviária, em Rio de Galinhas. O auto de consignação da obra foi assinado esta terça-feira.

O investimento de cerca de 700 mil euros reporta à primeira de três fases e prevê a criação de um parque de estacionamento com a área aproximada de 5.200 metros quadrados e a construção de um edifício com ligação direta através de passagem superior à Estação do Marco.

Para a autarca marcoense, Cristina Vieira, esta intervenção “é fundamental” em termos de mobilidade.

“Nós hoje temos o comboio elétrico. Houve um investimento muito grande do Governo nesta infraestrutura de eletrificação. Nós também soubemos aproveitar esta estratégia e hoje temos muito mais munícipes a usar o comboio como transporte público. Inicialmente ainda criamos um parque de estacionamento provisório, mas entendemos que esta área da estação necessita de outra requalificação e de uma obra mais definitiva e que dignifique todo este espaço”, explicou.

Além desta empreitada, o projeto candidatado ao PAMUS prevê mais duas fases. A requalificação da Casa dos Arcos – em Centro Interpretativo do Vinho Verde e a reabilitação do Largo de Rio de Galinhas.

“Queremos dignificar o espaço público, dar melhores condições aos utilizadores da estação e queremos dar a possibilidade aos particulares de beneficiarem de incentivos fiscais. Em junho foi criada uma Área de Reabilitação Urbana (ARU). Não chega o município fazer investimento público, é necessário que os privados e os investidores acompanhem o desenvolvimento desta área”, conclui.

Os munícipes que realizam obras de reabilitação na área da nova ARU podem incorrer de benefícios no IMI ou IMT, nas taxas municipais, ou ainda em obra, com a redução do IVA e deduções do IRS.

 


Cristina Vieira | Presidente da Câmara de Marco de Canaveses