Marco de Canaveses: Município constrói mais duas células nos reservatórios de Maria Gil [C/AUDIO]

aguatorneira_2021.02.26

A Câmara Municipal de Marco de Canaveses vai investir cerca de 350 mil euros na construção de mais duas células no reservatório de água de Maria Gil, na freguesia do Marco.

A intervenção, iniciada no dia 22 de fevereiro, prevê o aumento da capacidade de armazenamento de 2.100 para 3.500 metros cúbicos de água.

Com o reforço da capacidade dos reservatórios “pretendemos resolver um problema das redes do Torrão, na Freguesia de Alpendorada, Várzea e Torrão”, diz o vereador do urbanismo, obras e ambiente da Câmara de Marco de Canaveses, Bruno Magalhães.

“A obra está concluída e não queremos que ali falte a água”, garante.


A obra vai ter ainda implicações no consumo de energia na bombagem a partir da Estação de Tratamento de Águas (ETA) do Semealho, em Sobretâmega.

“As bombas estavam a trabalhar na sua potencia máxima para responder às solicitações dos munícipes. Com o aumento da capacidade de armazenamento isso já não vai acontecer, o que nos permite poupar no consumo de energia e por conseguinte na fatura mensal”, acrescenta.

Para o vereador, esta intervenção vai permitir “mais e melhor oferta de água à população”.


A obra tem prazo de execução de 120 dias.