Marco de Canaveses e Baião: Linha de apoio psicológico e social mantém-se até 30 de junho

LinhaApoio_2020.05.27

A linha de apoio psicológico e social conjunta dos Municípios de Marco de Canaveses e de Baião, dedicada à COVID-19, vai manter-se em funcionamento até 30 de junho.

A linha está operacional desde 30 de março e já registou 618 atendimentos. O encerramento chegou a ser equacionado para o final de maio.

A proposta de continuidade do serviço resultou de uma reunião conjunta ocorrida a 26 de maio, entre os autarcas de Marco de Canaveses e de Baião, Cristina Vieira e Paulo Pereira, e os colaboradores e voluntários que integraram este serviço de emergência, criado para enfrentar a pandemia COVID-19.

“A importância e o sucesso desta Linha Telefónica é indiscutível, tanto que durante o Estado de Emergência se revelou um sólido apoio junto da comunidade. A continuidade desta resposta, numa altura de gradual desconfinamento e perante uma nova realidade, servirá como garantia desse suporte social e emocional”, notou Cristina Vieira durante a reunião.

“A Pandemia COVID-19 continua a ser um desafio muito importante que enfrentamos juntos, enquanto sociedade. E nas muitas “linhas da frente”, o vosso contributo dá-nos a garantia de que os cidadãos vão continuar a ter um apoio próximo e eficaz para se informarem ou pedirem ajuda”, observou Paulo Pereira.

Esta linha envolve o total de 117 pessoas, entre colaboradores das autarquias e voluntários dos dois concelhos.

O serviço é gratuito e funciona com base nas competências de apoio social ou psicológico dos técnicos e também na disponibilização de informação útil aos cidadãos.

A linha funciona 7 dias por semana, entre as 10:00 e as 18:00 através do número 800 50 50 40.