Marco de Canaveses: CPCJ do Marco assinala aniversário da Convenção dos Direitos da Criança [C/AUDIO]

CPCJ2_2019.11.14

No dia 20 de novembro assinala-se o 30º aniversário da Convenção dos Direitos da Criança.  A comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Marco de Canaveses vai assinalar a data afixando nas montras dos estabelecimentos comerciais da cidade, alguns desenhos com frases alusivas aos direitos dos mais novos.

“Torna-se muito interessante percebermos como as crianças e jovens do nosso concelho caracterizam os seus direitos. São alunos desde o pré-escolar até ao ensino secundário e escolas profissionais”, diz a presidente da CPCJ do Marco, Paula Matias.

Os trabalhos “proporcionam uma perspectiva diferente e uma abordagem a este tema , digna de ser vista”,  e ficarão expostos até 24 de novembro, nas montras dos espaços aderentes.

A Convenção sobre os Direitos da Criança foi adotada pelas Nações Unidas em 1989. Uma ano depois, em setembro de 1990, Portugal ratificava esta mesma convenção, que assenta em quatro pilares fundamentais: A não discriminação, o interesse superior da criança, a sobrevivência e desenvolvimento, e a opinião da criança.

CPCJ1_2019.11.14

Apesar do elevado número processual, a presidente da CPCJ de Marco de Canaveses considera que os direitos das crianças do concelho “estão a ser acautelados”, por via de um trabalho de parceria entre esta instituição e as várias entidades com responsabilidade nesta área.

 


Paula Matias | Presidente da CPCJ Marco