Marco de Canaveses: Cadastrado regressa à cadeia por por posse de arma ilegal e resistência

GNR_Porto_Apreensao_2019.11.14

O Tribunal de Marco de Canaveses decretou a prisão preventiva a um homem de 43 anos, que foi detido neste concelho, na passada terça-feira, por resistência e posse de arma ilegal.

O detido, que já tinha sido condenado a nove anos de prisão efetiva, por roubos à mão armada,  estava a ser investigado pela GNR no âmbito de um processo por ameaças e coação com recurso a arma de fogo, num estabelecimento comercial.

No decurso das diligências, os militares do Núcleo de Investigação Criminal de Amarante deram cumprimento a um mandado de busca domiciliária e nos terrenos contíguos, onde apreenderam a caçadeira de canos serrados, que havia sido furtada do interior de uma residência, no concelho de Cinfães.

O detido,  que tinha libertado há cerca de seis meses, foi presente a 1º interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Marco de Canaveses, tendo-lhe sido determinada a medida de coação de prisão preventiva.