Marco de Canaveses: Belmiro de Azevedo faleceu aos 79 anos

BelmiroAzevedo_2017.11.29

Belmiro de Azevedo faleceu, esta quarta-feira, no Hospital da CUF, no Porto, onde estava internado desde domingo. Nascido em Tuías, no Marco de Canaveses, em 1938, o empresário português morreu aos 79 anos.

Filho de um agricultor e de uma costureira, Belmiro de Azevedo licenciou-se em Engenharia Química, mas foi num mundo empresarial que fez a sua vida. Em 1974, assumiu o controlo da Sonae e, sob sua alçada, criou um verdadeiro império que fez de si a 3ª pessoa mais rica de Portugal e a 121ª em todo o mundo, segundo a Forbes.

Sob a sua liderança, a ação do conglomerado industrial foi estendida aos setores da madeira, distribuição e retalho (com as cadeias Continente e Modelo), dos media (com o jornal Público) e das telecomunicações (antiga Optimus).

Deixou o cargo de chairman da Sonae em 2015, passando o testemunho ao filho, Paulo de Azevedo, eleito para o cargo pela assembleia-geral de acionistas da empresa.

O velório do empresário marcoense realiza-se esta quarta-feira na Paróquia de Cristo Rei, no Porto, a partir das 20:00, comunicou o Grupo Sonae em comunicado.

A missa de corpo presente decorrerá no mesmo local, na quinta-feira, às 16:00, seguida de uma cerimónia fúnebre reservada à família.

A Câmara Municipal de Marco de Canaveses emitiu um voto de pesar manifestando condolências à família do empresário, “ que dedicou a vida a criar um legado histórico ímpar no panorama empresarial em Portugal”.

Dono do império Sonae, que detém os hipermercados Continente, “Belmiro de Azevedo será sempre reconhecido, como pessoa marcante do nosso meio empresarial e da sociedade portuguesa, na orientação, firmeza, ousadia, coragem, visão de futuro e empenhamento social e cultural ao longo de toda a sua vida”, lê-se na nota emitida pelo município.

A Junta de Freguesia do Marco também emitiu uma nota de pesar, lamentando a morte do empresário, “pessoa com grande afeto a esta terra”.