Lousada: Ladrões furtaram cofre de mais de 500 quilos de Capela em Nevogilde [C/AUDIO]

CapelaSenhoraAjuda_2019.11.13

Um cofre com mais de 500 quilos, com peças de ouro e prata, e outras ofertas dos fieis, cujo valor rondará os 70 mil euros, foi furtado, ao que tudo indica, na madrugada da última terça-feira, da Capela da Senhora da Ajuda, em Nevogilde, Lousada.

Foi o pároco da freguesia, José Ribeiro da Mota, quem se apercebeu que as portas laterais da capela tinham sido estroncadas e deu o alerta.

Na paróquia, que detém o cofre há dezenas de anos, não há historial de qualquer furto desta natureza.

Os ladrões deitaram mão a vários objetos de valor monetário, cultural e religioso. Entre outras coisas, foram furtadas a cruz paroquial com cerca de 150 anos e uma coroa em ouro e pedras preciosas, que foi benzida e colocada pela primeira vez na cabeça da Senhora da Ajuda, há dois anos atrás.

“Nessa altura provocou contentamento e lágrimas de felicidade. Agora provoca lágrimas de desolação”, descreve o Padre José Ribeiro da Mota.

O pároco não é capaz de estipular o valor global do roubo, mas estima que ronde os 70 a 80 mil euros.

“Nós só temos o valor aproximado da coroa. Não nos custa dizer que andaria pelos 40 a 50 mil euros. Depende do valor do ouro e da casa que o comprar”, esclarece.

O padre referiu que os assaltantes deverão ter usado de violência para estroncar a porta da capela e os acessos à sacristia, onde se encontrava recolhido o cofre com cerca de 1, 40 metros.

O caso foi comunicado em primeira instância à GNR, tendo posteriormente transitado para a Polícia Judiciária.

 


José Ribeiro da Mota | Padre de Nevogilde