FUTSAL: ARCA promovida à Divisão de Honra AFP [C/AUDIO]

ARCA_2018.08.08A equipa sénior de futsal da Associação Recreativa e Cultural de Alpendorada (ARCA) vai participar na Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto (AFP), em 2018/2019.

Depois de na época transata ter falhado a subida direta – foi 2ª classificada na série 2 da 1ª Divisão – a formação de Marco de Canaveses foi promovida à última da hora para ocupar a vaga deixada em aberto pela desistência do Revela Desafios, clube de Rio de Moinhos, do concelho de Penafiel.

Apesar da boa notícia, o novo técnico da ARCA olha para a temporada que se avizinha com alguma apreensão, em virtude da entrada em vigor do novo quadro competitivo, que estabelece várias alterações no formato das provas da associação portuense.

Emanuel Moreira explica que, a partir desta temporada, a Divisão de Honra será disputada em duas fases, por 14 clubes, o que tornará a competição “aliciante, mas ao mesmo tempo muito complicada.

“A primeira fase vai apurar seis equipas para o play-off de apuramento de campeão e as restantes oito vão lutar pela manutenção, sendo que quatro vão descer. Na primeira fase os jogos deixam também de ser cronometrados, passando a ter a duração de 50 minutos”.

Além disso, o treinador lembra que o plantel da ARCA sofreu uma autêntica razia, com a saída de diversos atletas, o que obrigará “a começar quase do zero”.


“Vai ser mesmo muito complicado. Mas estamos cá para trabalhar, estamos cá com ambição e a tentar recrutar atletas para formar um plantel competitivo, apesar de no concelho não existir grande margem para ir buscar atletas formados em futsal, face à escassez de escalões de formação”, salienta.

Seja como for, Emanuel Moreira acredita que a ARCA terá capacidade para assegurar a permanência na época de estreia na Divisão de Honra.

O objetivo será possível de alcançar por um de dois caminhos: “Ou a qualificação para a fase de apuramento de campeão, sendo que aí ficará de imediato garantida a manutenção. Ou obter o máximo possível de pontos na primeira fase para entrar na segunda fase em vantagem em relação aos restantes adversários”.


De recordar que a ARCA ascende à Divisão de Honra pela mão do técnico Joaquim Silva que, entretanto, abandonou o clube para rumar ao Magrelos, outro emblema do concelho de Marco de Canaveses, que reativou a sua equipa sénior. Em sentido inverso, o Vila Boa do Bispo desistiu das competições seniores.

O Magrelos junta-se ao FC Aliviada na 1ª Divisão, que passará a ser o escalão mais baixo da AFP, devido à extinção da 2ª divisão.