FUTSAL: ARCA perto da descida de divisão [C/AUDIO]

ARCAFutsal_2019.05.01

A ARCA está em situação muito delicada na Fase de Manutenção da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto (AFP), em futsal.

O conjunto de Alpendorada perdeu os últimos dois jogos da prova, frente a Moinhos (3-1) e Arcozelo (4-1), ficou a 8 pontos de distância da linha d’água e praticamente hipotecou as possibilidades de permanência.

Emanuel Moreira reconhece que a equipa “está no fio da navalha, quando faltam apenas 9 pontos para disputar”.

O técnico da ARCA justifica o atual momento com a perda “da qualidade de treino” e com “a ausência de alguns atletas que, por motivos profissionais, deixaram de estar presentes, com assiduidade, nas sessões de trabalho”.

Emanuel Moreira, ainda que implicitamente, demonstra desconforto pelas exibições da equipa, “que perdeu alguns atletas, para passar a ter jogadores”.


“Por exemplo, na sexta-feira, acabamos por perder o jogo com o Moinhos por situações que não são treináveis. Tudo isto é demasiado para uma só pessoa e quando não é possível arranjar outro tipo de soluções, temos que ceder a um conjunto de situações que a própria equipa acaba por criar”, lamenta.

Para evitar a descida de divisão, a ARCA terá de vencer as três partidas que restam até final do campeonato e aguardar ainda que “o Moinhos só vença um de dois jogos e que o Negrelos perca os três que ainda tem para realizar”.

“Essa conjugação de resultados é muito difícil de ser conseguida, apesar dos calendários não serem favoráveis às duas equipas. Mas vamos dignificar o emblema da ARCA até ao fim e, enquanto for matematicamente possível, vamos dar o tudo por tudo para fazer o maior número de pontos possível”, garante.


Na próxima jornada, a ARCA recebe o Jaca. O encontro está agendado para sábado, às 19:00, no Pavilhão de Alpendorada.