FUTEBOL: Tonanha regressa ao comando técnico do Barrosas [C/AUDIO]

Tonanha_2020.05.25

Tonanha está de regresso ao comando técnico do Barrosas. O treinador, de 46 anos, volta a um clube que orientou entre 2016 e 2018, antes de rumar a Rebordosa, onde passou as duas últimas temporadas.

A contratação de Tonanha pelo emblema do concelho de Felgueiras implica a saída de Paulo Silva, que tinha chegado ao clube em dezembro para substituir Filipe Mesquita.

“Desde a primeira hora em que saí de Rebordosa, as pessoas em Barrosas se mostraram interessadas em que eu regressasse. Quem me conhece sabe que eu gosto de estar onde me sinto bem, e o facto de me quererem em Barrosas foi um fator determinante para regressar” explica.


“Mais importante do que as questões financeiras são os valores. O Barrosas é um clube que me diz muito. Não tinha forma de rejeitar o convite e aceitei-o de bom grado”, sublinha.

Na época que terminou, o emblema do concelho de Felgueiras não foi além da penúltima posição na Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP). A anulação das descidas evitou a queda a um patamar inferior.

Para 2020/2021, “o principal objetivo é evitar o sufoco da temporada anterior”, mas Tonanha quer colocar a equipa “a lutar pela vitória em todos os jogos”.


“O mais importante será, sem dúvida, manter o Barrosas nesta divisão, mas se conseguirmos mais qualquer coisa, ótimo. O clube não tem as mesmas condições de outros clubes, mas temos outros atributos que nos permitirá fazer um bom campeonato”, esclarece.

Tonanha desvenda que “70/80 por cento do plantel já está constituído”, sendo que apenas “metade” do grupo de trabalho da temporada anterior permanece em Barrosas.

“Apesar de ter passado por dificuldades na época passada, o Barrosas tinha jogadores de qualidade e alguns deles vão seguir outros rumos. Vamos continuar a apostar na juventude e tentar contratar um outro jogador com mais experiência”, adianta Tonanha.


O técnico assume que na lista de contratações estão alguns nomes que o têm acompanhado nas últimas épocas. “Tento levar sempre alguns jogadores que trabalham comigo. Uns não vai ser fácil contratar, porque a questão financeira tem o seu peso, mas conto levar dois ou três jogadores que me têm acompanhado”.

O Barrosas vai disputar a Divisão de Elite AFP, prova que, na nova época, sofrerá um alargamento para 36 clubes, 18 em cada série. Tonanha espera “um campeonato complicadíssimo, muito competitivo e com com equipas muito idênticas”.


“Os candidatos serão dentro daquilo que aconteceu na época passada. Poderá surgir um ou outro ‘outsider’, mas não vai fugir muito daquilo que tem sido”, conclui.

A restante equipa técnica do Barrosas será constituída pelos adjuntos Tito Cepeda e Rui Vingança, e pelo treinador de guarda-redes, Carlos Ribeiro.

 


Peça Rádio | Reportagem Luís Miguel Nogueira