FUTEBOL: Técnico do Vila Caiz é contra a ideia da retoma com duplas jornadas semanais [C/AUDIO]

LuisMIguel_2021.04.06

O treinador do Vila Caiz, Luís Miguel, considera que a Associação de Futebol do Porto (AFP) não estará a zelar pelos interesses dos jogadores caso decida retomar as competições, agendadas para 8 e 9 de maio, com dois jogos por semana.

A associação portuense ainda não divulgou o formato que vai adotar para o regresso dos campeonatos. No entanto, uma das possibilidades que está em cima da mesa é a realização do máximo de jogos possível, com jornadas duplas semanais.

Luís Miguel, que enquanto jogador representou emblemas como Sporting e Sp. Braga, aceita que a prova seja disputada até final de junho, dentro dos moldes definidos no inicio da época, mas declina a ideia de dois jogos por semana, justificando que essa solução será “prejudicial” para os atletas, sobretudo depois de terem enfrentado uma “longa paragem” de três meses.

“Se a associação decidir dessa forma, temos de aceitar e vamos preparar-nos para isso. Agora, se ouvimos os clubes que disputam a Liga dos Campeões a dizer que querem reduzir o número de jogos, porque se sentem cansados, vamos nós exigir mais jogos aos nossos atletas, que não têm a mesma capacidade competitiva, nem são treinadas para tal”, questiona.


“Eu sei, como treinador, que não posso dar carga excessiva aos meus jogadores. Se eu fizer isso, sei que os vou prejudicar. Vamos ter três semanas de treinos antes da competição. Não será possível colocar os jogadores numa forma minimamente aceitável para fazer dois jogos por semana”, garante.

O técnico do conjunto amarantino é também contra a criação de um novo modelo competitivo para concluir a Divisão de Elite, solução defendida por outros técnicos de clubes do mesmo campeonato.

“Não concordo de maneira nenhuma em criar um campeonato dentro deste campeonato e conclui-lo em moldes diferentes. O campeonato foi feito desta maneira. Sabíamos o que íamos enfrentar e sabíamos que podia haver paragens. Esta situação já deturpou a verdade desportiva, mas criando uma nova competição ficaria ainda menos verdadeiro. Por isso, o campeonato tem de continuar com os jogos já determinados e quando acabar, acabou”, defende.


O Vila Caiz ocupa, atualmente, o 13º lugar da tabela classificativa da Divisão de Elite da AF Porto, com 16 pontos, quatro de vantagem para a zona de descida.