FUTEBOL: Pedro Reis deixa comando técnico do Amarante FC [C/AUDIO]

PedroReis_2021.09.14

Pedro Reis deixou o comando técnico do Amarante FC. O treinador, de 46 anos, pôs o lugar à disposição, pedido que foi aceite pela direção alvinegra, colocando um ponto final a uma ligação de quatro anos ao clube, dois deles como timoneiro do plantel sénior.

Esta temporada, Pedro Reis assumiu a liderança da equipa em apenas dois jogos, um para o campeonato, que terminou com um empate (3-3) na receção ao Vila Real, e outro para a Taça de Portugal, que culminou com o afastamento da prova, nas grandes penalidades, ante o rival Vila Meã.

O presidente do Amarante, António Costa, justifica o “divórcio” entre as partes com “o cansaço das pessoas” e com “a eliminação da Taça de Portugal”, garantindo ainda que “não havia intenção” em rescindir com o treinador e que o clube se limitou a respeitar “a vontade” de Pedro Reis.

“O Pedro Reis é uma pessoa de Amarante e gosta do Amarante tanto ou mais do que eu. Por isso, se achou que tinha de sair, temos de respeitar a vontade dele”, salientou.


Ainda assim, António Costa reconhece que “dadas as circunstâncias” esta foi a melhor solução para o emblema amarantino: “Se calhar era preciso dar um abanão e andar um bocado mais para a frente, porque o nosso objetivo é subir de divisão. Se calhar, também não conseguimos dar tudo o que o treinador queria”, admitiu.

Nuno Queirós, Henrique Sousa (adjuntos) e Carlos Alberto (treinador de guarda-redes) também deixaram os respetivos cargos no clube.

António Costa já encetou “conversações” com o substituto de Pedro Reis, que será anunciado na próximas horas. “Amanhã já terei alguém a orientar o treino”, garantiu, recusando, no entanto, a revelar qualquer nome.

O novo técnico da formação alvinegra tem estreia marcada para o próximo domingo (15:00) em Macedo de Cavaleiros, no jogo a contar para a 2ª jornada da Série B do Campeonato de Portugal.