DESPORTO: CD Cinfães apresentou plantel que vai lutar pela permanência no Campeonato Portugal 2017/2018

O Clube Desportivo de Cinfães apresentou em conferência de imprensa, na 5ª feira, aos sócios e adeptos, o plantel para a época 2017/2018.

A equipa, que vai disputar o Campeonato de Portugal (CP), arranca para os trabalhos de pré-temporada com 21 jogadores, sendo que dez são reforços.

Flávio das Neves, que já representou o emblema cinfanense entre 2011 e 2013, é o novo timoneiro do clube.

Há 4 épocas, o treinador de 59 anos perdeu, na penúltima jornada da extinta 2ª Divisão B, a subida à 2ª Liga para o Académico de Viseu.

Neste regresso, Flávio das Neves avisou desde logo “dificilmente” será possível superar ou igualar o registo anterior.

“Peço às pessoas de Cinfães que não pensem que eu vou fazer milagres ou que a equipa vai lutar pela subida de divisão. Isso é colocar a fasquia alta. As circunstâncias são outras, está haver um maior investimento nas equipas. Estou há mês e meio a trabalhar para o clube, cheguei a abordar uns 40 ou 50 jogadores e não vieram porque tinham outros clubes que lhe ofereceram muito mais dinheiro”, sustenta.

A permanência do CD Cinfães no CP é o objetivo, numa época em que a prova, alerta Flávio das Neves, “não vai ser fácil” em virtude da alteração do formato competitivo, em que “descem quase 50% das equipas”.

“Vamos jogar todos os jogos para ganhar e vou ficar chateado cada vez que perca. Vamos tentar andar sempre nos primeiros 5 lugares para ficar a salvo de qualquer adversidade. Ficar nos 5 primeiros já seria honroso”, reconhece.

O presidente dos durienses, João Cardoso, também lembra que para atingir a manutenção o Cinfães “precisa de ficar entre o 1º e o 11º lugar num campeonato de 16 equipas”.

“Por isso, avizinha-se um campeonato muito difícil, numa série complicada com equipas que se estão a apetrechar muito bem neste defeso, assim como nós estamos a fazer dentro do orçamento que temos”, sublinha.

Os defesas Baldaia (ex-Gondomar), Mica (ex-Sanjoanense) e Nélson Sampaio (ex-AD Oliveira); os médios Dani Soares (ex-Infesta), Ivo Lemos (ex-Salgueiros), Rui Gomes (ex-Praiense) e João Rodrigues (ex-Oliveirense); e os avançados Rui Carvalho (ex-Oliveira do Douro), Marcelo (ex-junior do Cinfães) e Rodrigo Thompson (ex-Lusitano VRSA) são as caras novas do plantel.

RodrigoThompson_2017.07.14O brasileiro Rodrigo Thompson, de 24 anos, é reforço dos cinfanenses

Flávio das Neves revela a necessidade de contratar ainda mais “quatro ou cinco jogadores”, nomeadamente, “um ou dois defesas-centrais, um trinco ou um médio e um extremo”.

Um dos reforços assegurados é Rui Gomes, que na temporada passada alinhou primeiro no Praiense e depois no Gondomar. O médio diz que chega a Cinfães por confiar “no projeto e nas pessoas do clube”.

Rui Gomes acredita que o clube está “a fazer um bom plantel e vai trabalhar para andar nos lugares de cima da tabela”.

Serra é um dos poucos jogadores que transita do plantel da temporada anterior. O avançado, formado nos escalões jovens do Cinfães, espera realizar uma boa época sob o comando de Flávio das Neves.

“Confio no treinador, já trabalhei com ele há 4 anos atrás e sei a pessoa que ele é. Fez um plantel para lutar pelos primeiros lugares e todos os jogadores que aqui se apresentaram tem todos qualidade. Temos tudo para fazer uma boa época”, assegura.

A turma duriense vai disputar o Campeonato de Portugal, que surgirá com um novo desenho do modelo competitivo. A prova passa a ter apenas uma fase regular, com 5 séries, cada uma com 16 equipas.

O Cinfães deverá integrar a série B, onde terá como adversários alguns clubes da região como Amarante, Freamunde, Aliança Gandra e Felgueiras.

O conjunto cinfanense começará a preparar a temporada 2017/2018 no início da próxima semana, com sessões de treino bi-diárias.

O primeiro jogo de preparação está agendado para o próximo dia 27, em Leça da Palmeira, diante do União da Madeira.