Amarante: Prisão domiciliária para homem de 66 anos por violência doméstica

GNR_2019.10.17

O Tribunal Judicial de Marco de Canaveses decretou a prisão domiciliária a um homem de 66 anos, pelo crime de violência doméstica, no concelho de Amarante.

O sexagenário é suspeito de exercer violência física e psicológica contra a ex-mulher de 50 anos, após a separação.

Segundo a GNR, que levou a cabo a investigação, “o suspeito com antecedentes criminais, já havia sido condenado a uma obrigação de proibição de contactos com a vítima, em janeiro passado, resultando numa pena suspensa de dois anos e nove meses, mas continuou os insultos e as ameaças, perseguindo a vítima e seus familiares, controlando as rotinas diárias e fazendo rondas à sua residência”.

O homem foi, de novo, presente ao Tribunal de Marco de Canaveses que lhe aplicou a medida de coação de prisão domiciliária.