Amarante: Prémio Literário Ilídio Sardoeira entregue a 29 de outubro [C/AUDIO]

PremioLiterario_2019.10.08

A União de Freguesias de Amarante distingue, a 29 de outubro, os vencedores da primeira edição do Prémio de Literatura Infanto Juvenil Ilídio Sardoeira.

A cerimónia, que consagra Anabela Borges e Maria Freitas como as vencedoras deste prémio literário, terá lugar no Externato de Vila Meã.

O número de concorrentes nesta primeira edição excedeu as expetativas da organização.

“Sendo o primeiro prémio, e Ilídio Sardoeira a personalidade que estamos a homenagear, uma personalidade que além do seu valor não é muito conhecida, apesar disso nós tivemos dezenas de concorrentes, inclusive do Brasil. Um sinal que a mensagem passou”, diz o presidente da Junta da União de Freguesias de Amarante, Joaquim Pinheiro.

Além de homenagear um ilustre amarantino, a entidade promotora do prémio literário pretende reforçar a intervenção cultural na freguesia.

“O primeiro objetivo é a divulgação da leitura e da escrita que é fundamental quer para o desenvolvimento da pessoa quer para a sociedade. Mas temos sobretudo o grande objetivo de começar a implementar isso logo desde as escolas. Simultaneamente, temos a vontade de tirar do anonimato, um homem que assinou a primeira constituição da Republica Portuguesa depois de abril de 1974”, acrescenta.

O Prémio de Literatura Infanto Juvenil Ilídio Sardoeira segue-se à Festa do Livro que a junta de freguesia promove desde 2014.

“A festa do livro é uma iniciativa, cujo objetivo é o contributo para a leitura e para a escrita na medida em que todas as atividades que decorrem nesse espaço visam sobretudo o encontro das pessoas com a cultura e com o escritor”, conclui

Anabela Borges concorreu com o conto “Os dias pequenos” e Maria Freitas com “Mudança de estação”. Ambas as obras já estão editadas e serão apresentadas a 29 de outubro.

 


Joaquim Pinheiro | Presidente Junta da União de Freguesias Amarante