Amarante: Junta de Ansiães cria oficina comunitária e linha de produção de pellets [C/AUDIO]

JUNTAR_2019.03.06

No dia 16 de março, a Junta de Freguesia de Ansiães inaugura uma oficina comunitária e uma linha de produção de pellets. Dois projetos na área da economia circular, que resultam de uma candidatura apresentada ao JUNTAr do Fundo Ambiental para as Freguesias.

A parceria do Governo e da Associação Nacional de Freguesias, com uma dotação financeira de 1 milhão de euros, destina-se a apoiar projetos de montante até 25 mil euros, em 55 freguesias.

A Junta de Freguesia de Ansiães apresentou uma candidatura para a construção de uma oficina comunitária e uma linha de produção de pellets.
“Queremos contribui para um futuro melhor a nível ambiental”, diz o presidente da Junta de Ansiães.

Segundo António Brandão, “os projetos estão concluídos e trata-se de uma oficina comunitária, apetrechada com ferramentas e com uma pessoa em permanência para apoiar a população que queira efetuar reparações em alguns utensílios”.

No caso da linha de produção de pellets, o objetivo passa por tirar partido das características naturais e daquilo que a Serra do Marão dá.

“Nós vivemos encostados à serra que tem muitos resíduos. Diariamente, uma equipa de sapadores florestais procede ao corte do mato e de material lenhoso, que em nossa opinião não está a ser convenientemente aproveitado. Estes produtos podem ser transformados em pellets, uma importante fonte de combustível. Temos os melhores materiais para avançar com este projeto”, assume.

Para além do apoio de cerca de 20 mil euros proveniente do Fundo Ambiental para as Freguesias, a junta de Ansiães também investiu 30 mil euros neste projeto.

A inauguração vai ocorrer, no dia 16 de março, pelas 12:30.

 


António Brandão | Presidente da Junta de Ansiães